About Me: my weight loss

September 25, 2014

by — Posted in About Me

I’ve been thinking on writing this post since a long time but vacations, laziness and above all the fact that I wanted to write so much but I didn’t know how to organize the text made me write about this matter only now.I want to talk about my weight loss because I spent so many years trying to do it  and thinking about how fat I was and being able to accomplish this makes me feel confident and triumphant.

 

Já há muito que pensei em escrever este post, mas as férias, imprevistos, preguiça e, sobretudo, querer dizer tanto, mas não saber como estruturar o texto levou-me a não trabalhar sobre este assunto. Desejo falar sobre a minha perda de peso porque passei muitos anos a tentar perder peso e a pensar que era gorda e ter conseguido chegar onde cheguei faz-me sentir confiante e vitoriosa.

 (Me with about 70kg – May, 2013 / Eu com cerca de 70kg – maio de 2013)

(Me with the same shorts – September, 2014 / Os mesmos calções – setembro de 2014)

Before I tell you how I lost weight, I want to explain something about my life. Since the time I went to primary school (I was 7 or 8 years old) I worry myself about my weight and image because I was convinced I was fat.

Seriously, I was so young and already thinking about that? It sounds stupid! Truth is that at the time I was bullied and called fat and psychological wounds are really difficult to heal. I was fourteen years old and I still considered myself fat (without being one). I saw myself as a fat and ugly person and I didn’t have the confidance and self-esteem that I needed to make me think otherwise.

 Antes de falar de como perdi peso, quero explicar um pouco sobre a minha vida. Desde os tempos em que andava na primária (deve ter sido a partir dos 7, 8 anos) que me preocupo com a minha imagem, por estar convencida de que era gorda.

A sério, tão nova e já andava a pensar nisso? Parece estúpido! A verdade é que desde essa altura que fui gozada e chamada de gorda, pode dizer-se mesmo que era bullying psicológico e a verdade é que as feridas psicológicas são muito difíceis de curar. Eu tinha 14 anos e ainda me achava gorda. De salientar que até essa idade eu não fui gorda em termos de peso e de IMC. Mas via-me gorda e não tinha a confiança nem a auto-estima necessárias para pensar que precisava de mudar de atitude.

(Size 44)

I was too lasy to make exercise and I couldn’t control my gluttony and appetite. I always lost some weight in summer because I slept more, eat less and did nothing all day (around when I was 9 or 10 years old I begin to play games – though I’m not a gamer – and spent all day in front a computer.

Things got worse when I was 14 years old and came to a stage in life that I decided that I didn’t wanna care about my looks, about feeling beautiful. I got uninterested in my body and looks and I didn’t worry with eating healthy food. So I gained weight, reaching 74kg (my ideal weight is 55kg).

E era preguiçosa demais para fazer exercício físico e não conseguia controlar a minha gula e apetite. No verão sempre emagrecia um bocado por dormir demais, comer pouco e não fazer nada (por volta dos meus 9, 10 anos comecei a jogar – embora não me considere uma gamer – e passava o dia praticamente sem comer por estar sentada ao computador).
A história piorou quando a partir dos meus 14 anos cheguei a uma fase em que decidi não ligar à beleza, não usar roupas que me salientassem as qualidades (digamos que entrei numa fase pseudo emo em que não queria saber se os outros iam gostar de olhar para mim ou não). Como me desinteressei pelo meu corpo e aspeto, não me preocupei com a alimentação. Pelo contrário, comia mais coisas que não devia. Fui engordando, cheguei aos 74kg (o meu peso ideal é 55kg).
 (Size 42)

The time I reached the bottom was when I discovered I was heavier than my father. And when my mom didn’t want me to wear skirts or dresses that were a little above the knees. My self-esteem became fragile and I felt that I had to do something.

However, physically I was weak, running was a torture for my heart and I was ashamed to walk on the street doing exercise. It was only when I went to university that things started to get better.

O maior choque foi quando eu fiquei mais pesada do que o meu pai. E quando a minha mãe não queria que eu usasse saias ou vestidos que ficassem um pouco acima do joelho. Aí a minha auto-estima ficou mais frágil e senti que tinha de fazer algo.
No entanto, fisicamente estava fraca, correr era uma tortura para o meu coração e tinha vergonha de andar na rua a fazer exercício. Só quando fui para a universidade é que a coisa melhorou (mais ou menos ano e meio depois).
(Size 40)

Without working to get better on purpose, I lost some weight, reaching to 65kg in a year because I walked 1 hour per day (minimum). But I only did that. I started to eat more fruit, 1 or 2 pieces minimum and ate soup and a bread at dinner. Didn’t eat cookies.

Next year, in my Erasmus semester, I kept worrying about what I ate and continued to walk every day. I didn’t notice a change in my weight, though people thought I was skinnier. I got muscle on my legs, that’s all.

Sem querer trabalhar para emagrecer, acabei por fazê-lo. Cheguei aos 65kg num ano porque andava todos os dias no mínimo 1h a pé. Só caminhava. A minha alimentação melhorou bastante, comia no mínimo 1 a 2 peças de fruta. Comia só sopa e pão ao jantar. Raramente comia bolachas.
No ano seguinte fui de Erasmus e a alimentação continuou a ser cuidada e continuei a caminhar. Eu não notei perda de peso, embora as pessoas me dissessem que estava mais magra. O que aconteceu foi que ganhei músculo.

When I came from my Erasmus semester I got weight again. I felt at the time that it was worthless trying to lose weight, it would always come back. I couldn’t eat less quantity that I was eating, I didn’t have will to make exercise because I could only run for about 5 minutes and walking wasn’t enough. I got discouraged. Again.

In the beginning of last year I started to work out more often. I continued to eat fruits and vegetables, but I neglected my meals by eating more cookies and breakfast cereals. I didn’t notice any change on my weight.

 

Vim de Erasmus, aumentei de peso. Então foi aí que senti, mais uma vez, que era escusado tentar emagrecer, que não conseguia. Não conseguia comer menos quantidade, não tinha vontade de fazer exercício, porque só conseguia correr 5min e caminhar não bastava. Desanimei. Mais uma vez. Uma de muitas. No início do ano passado comecei a fazer mais exercício. Não deixei de ter cuidado com a fruta e legumes, mas desleixei-me mais e comi mais cereais e bolachas. Assim, não notei perda de peso nenhuma.
Last November it all changed when  I started to work out effectively. Funny thing is that I started without trusting gyms and the benefits a gym could bring to me. I only went to the gym because before my master degree classes a friend of mine would go to the gym and convinced me to go with her (I was reluctant, I didn’t feel like going every weak to Braga with the equipment – since I was sleeping in friends’ house) but it was the best thing she could have done for me, for my confidence and well-being. I’m so thankful to her.

From november until now I lost 6,5kg. I started with 66,5kg and now I weigh 60kg. I feel so well right now. Of course, the ideal weight for my height is less 5kg than what I have now but if I don’t lose them, I don’t care. I’m focused right now in continuing to work out regularly and to keep and healthy lifestyle.
Só em novembro, quando ia para Braga às aulas de mestrado, é que comecei a trabalhar eficazmente. O curioso é que eu comecei sem ter confiança de que ia perder peso. Entrei no ginásio por convite de uma amiga (e fui relutante, porque não me apetecia levar equipamento todas as semanas para Braga) mas foi a melhor coisa que ela podia ter feito para o meu bem-estar e confiança. Agradeço muito que ela o tenha feito.
De novembro até agora, perdi 6,5kg. Comecei com 66,5kg e tenho agora 60kg. Sinto-me muito bem como estou. Claro que o ideal para a minha altura é ter menos 5kg, mas se não os perder, já não me importo. O meu foco agora é continuar a fazer exercício e manter um nível de vida saudável.

I had a plan at the gym to help me losing weight. I couldn’t do it all because I didn’t have the time. It was a plan to make twice a week but I started to go 3 days a week at the gym and when I was at home I worked out too. When I started to go to the gym I was already able to run 20 minutes. Now I can run 1 hour.

I was worried with what I ate. I didn’t filled much the stomach before working out. I started to drink more water, 1L first and now I drink 1,5L per day. I started to do Pilates and abs at home.

No ginásio eu tinha um plano a cumprir para emagrecer. Não conseguia fazê-lo todo porque tinha de ir para as aulas. Era um plano para 2 dias por semana, mas comecei a ir 3 dias e quando estava em casa saía na mesma para fazer exercício. Quando comecei, já conseguia correr 20min sem parar, mas a uma velocidade lenta. Graças à passadeira, habituei-me a correr e quando estava em casa comecei a correr mais uns minutos de cada vez e cheguei a 1h sem parar.
Continuei a dar importância à alimentação. E procurava não encher o estômago antes de fazer exercício. Comecei a beber mais água, 1l no início, agora estou no 1,5l mínimo por dia. Comecei a fazer exercícios de Pilates e abdominais em casa.
Now most of my clothes are too large for me. I used to dress 42/44 and now I wear 38. I used to dress L and now I dress S or M.
Agora a maioria da minha roupa não me serve. Eu vestia o 42/44 e agora uso o 38. Vestia o L e agora S ou M.
(Me with a size 38 – Eu com umas calças 38)

 

So, as you can see it is possible to achieve the weight we want. And gym really helps, but if you can’t go to the gym try your best at home. There are a lot of videos and articles on the web that can help you. Don’t try to lose weight really quick, you’ll gain striations (I have some of them, I should now what I’m saying). It will take time but it will be the best thing for your well-being.

Don’t give up on yourselves. And find motivation every day! Next post I’ll give you some tips to help you achieve an healthy lifestyle.
Como podem ver, é possível chegarmos a onde queremos. O ginásio ajuda bastante, mas se não podem ir ao ginásio tentei fazê-lo em casa. Há muitos vídeos e artigos na net que podem ajudar (eu própria faço exercício em casa agora). Não tentei perder peso depressa, isso traz estrias (eu tenho as minhas, sei do que falo). Vai levar muito tempo mas será bastante recompensador e o exercício é das melhores coisas para o nosso bem-estar e a nossa confiança.Não desistam de vocês. Encontrem motivação todos os dias! No próximo post irei dar-vos umas dicas para vos ajudar a ter um estilo de vida saudável.

Like it?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *